Metodologias Ativas em EAD

Por Cinthia Calixto

“Me contaram e eu esqueci.
Vi e entendi.
Fiz e aprendi.”

(Confúcio, pensador Cinês, que viveu há 2.500)

Metodologias Ativas: Você sabe o que são?

Metodologias Ativas. Você realmente sabe o que são?
 
As metodologias ativas não são um tema novo, mas com a busca de uma nova maneira de educar, e, com as evidências científicas (psicologia, neurociência e pedagogia), elas têm ganhado uma maior importância.
 
As metodologias ativas consistem em tornar os alunos os protagonistas do seu processo de aprendizagem. Diferente dos métodos tradicionais de ensino, em que o professor é detentor do conhecimento e responsável por transmitir esse conhecimento. No método ativo os alunos são envolvidos desde o início do processo e são inseridos em cenários em que possam pensar, conceituar o que fazem, construir conhecimento, desenvolver capacidade crítica, refletir sobre as práticas que realizam, fornecer e dar feedback, realizar suas próprias pesquisas e desenvolver autonomia.
 
A aplicação das metodologias ativas têm apoio em diversas técnicas utilizadas. Hoje, falaremos de alguns exemplos:

É baseado na resolução de problemas ou no desenvolvimento de um projeto que faça sentido para o estudante, ou seja, um tema que tenha relação com a vida dele fora da sala de aula.

Esse modelo requer que os alunos construam de forma colaborativa, pesquisando, simulando, analisando todas as possibilidades e desafios que podem surgir. O professor após apresentar a proposta, prazos e objetivos, acompanha o processo como orientador sinalizando caminhos, ferramentas e possibilidades, permitindo que os alunos se organizem e colaborem entre si definindo metas e responsabilidades. 

É interessante incluir ferramentas digitais como, por exemplo: vídeos, fóruns, podcast, enquetes, entre outros recursos que podem enriquecer a construção deste processo.

 

O método busca a resolução de problemas baseado na multidisciplinaridade. 

O processo é iniciado com o aluno estudando um tema determinado pelo professor antes da aula. Nesse processo ele faz o levantamento de todas as dúvidas e dificuldades que teve para obter entendimento sobre o assunto. Em aula, alunos e professor debatem a respeito  das interpretações que tiveram enquanto pesquisavam a respeito do problema e suas possíveis soluções. 

Alguns passos são importantes na aplicação deste método:

  1. Definir o problema;
  2. Analisar o conhecimento prévio dos alunos a respeito do tema;
  3. Fazer o levantamento do que é necessário para resolução do problema: fontes de pesquisa, entrevistas, estudos de campo, etc;
  4. Realizar fórum de discussão a respeito do problema para fazer um levantamento dos conhecimentos adquiridos pelos alunos durante a pesquisa;
  5. Simular hipóteses e soluções para o problema;
  6. Solucionar o problema;
  7. Identificar descobertas e aprendizados adquiridos no processo.

O design thinking baseia-se na aprendizagem investigativa por meio de projetos. O processo de construção do aprendizado deste método  segue as seguintes etapas:

  1. Descoberta
  2. Interpretação
  3. Ideação
  4. Experimentação
  5. Evolução

 

As etapas iniciais, descoberta e interpretação, são baseadas em desafios. Os participantes são envolvidos de forma intensa para encontrar a solução do desafio proposto.

A terceira etapa busca desenvolver o potencial criativo dos alunos.  É nesse momento que acontece o famoso brainstorm, onde todos expõem e organizam  suas ideias. Em seguida, na fase experimentação, as ideias são colocadas em prática e ganham vida. E, na fase final, evolução, os alunos estão engajados a encontrar melhorias e desenhar os próximos passos. 

A revolução tecnológica, com o uso das ferramentas digitais, deu espaço ao movimento maker que ganhou a possibilidade de compartilhamento de conhecimento em larga escala, projetos, experimentos e o passo-a-passo de como fazer algo, dando força ao movimento DYI – faça você mesmo.

Na sala de aula, esse método ativo busca estimular a autonomia do aluno e sua colaboração no trabalho em equipe, a proatividade e proporcionar o desenvolvimento de habilidades socioemocionais. Alunos e professores atuam de forma construtiva desenvolvendo, juntos, 

Muito utilizada no ensino híbrido e requer comprometimento e adesão do aluno para que seja realmente eficaz.

Nesse modelo, o professor indica o tema a ser estudado e o aluno realiza pesquisas para obter para realizar seu estudo. Ferramentas online são ótimas para apoiar o aluno neste momento. Depois, durante o encontro presencial o professor cria grupos de discussões para que os alunos possam debater as pesquisas realizadas. O professor segue orientando as discussões e, junto de seus aprendizes, vai construindo o conhecimento.

Apontado com um dos métodos que gera maior engajamento entre os alunos, por transformar entretenimento em construção de conhecimento.

Nesse modelo, o conteúdo é contextualizado e trabalhado utilizando princípios básicos de jogos como: regras, desafios, estratégias, graus de dificuldade, resultados e premiação. Cada etapa deve estar bem clara aos alunos.

Criatividade do professor e uma plataforma EAD bem estruturada e com diversas propostas interativas são ótimas ferramentas para o sucesso no aprendizado do aluno.

Metodologias ativas aliadas à tecnologia e docentes engajados ampliam as formas de ensinar e aprender. Atualmente não faltam tecnologias educacionais para aplicação das metodologias ativas em EAD, que vêm contribuindo fortemente na aceleração das mudanças na sala de aula tradicional. É importante redesenhar os espaços digitais, personalizar e misturar técnicas, ferramentas e abordagens, trazendo novas experiências aos alunos e proporcionando um maior engajamento.

Os métodos ativos vão muito além dos que listamos aqui. Sua aplicação requer docentes empenhados e criativos, alunos comprometidos e, no âmbito de tecnologia, uma plataforma que consiga oferecer todas as ferramentas e suportes necessários. Introduzir metodologias ativas requer um envolvimento de todo cenário educacional, seja ele em uma empresa ou em uma instituição de ensino.

Quer saber como podemos te ajudar? Entre em contato conosco e agende uma reunião.

A melhor parceria de tecnologia em educação que você pode ter para alavancar sua empresa. 

Leia Mais!

Sobre Nós!

Suporte